Home > Últimas notícias
 
Últimas Notícias
 
23/01/2009 - 14:51
 
Junior Achievement forma turma em Belém
Jovens de escolas públicas recebem certificados e aprendem noções de negócios em programa apoiado pelo Sebrae
 
Evandro Pantoja
 
Belém - Foram três meses e meio. O desafio? Criar uma empresa – ou melhor, uma miniempresa. Durante esse tempo, 73 jovens do 2° ano do ensino médio de quatro escolas estaduais da Região Metropolitana de Belém receberam noções de gerenciamento, recursos humanos, marketing e venda para montar uma miniempresa, criar produtos, e depois, comercializá-los.

O desafio foi proposto durante o ano passado pela Junior Achievement, instituição sem fins lucrativos, e, que já qualificou, desde 2006, por meio de parcerias e voluntariado, 4.627 jovens em todo Pará.

Os “miniempresários” que vivenciaram essa experiência estiveram em solenidade na noite do último dia 21, na Federação das Indústrias do Pará – Fiepa, juntamente com empresários de renome do estado e representantes de setores produtivos, que lhes conferiram certificados de miniempresários por terem participado do programa Miniempresa.

Ao todo, quatro escolas do ensino médio participaram do programa: Magalhães Barata, Deodoro de Mendonça, Justo Chermont e Adventista da Cidade Nova. Esta é a terceira turma de Miniempresas formadas pela Junior Achievement.

Estiveram na cerimônia, a presidente do Conselho Consultivo da Junior, Neuza Yamada; Ocirema Figueiredo, diretora executiva do programa; Ivanildo Pontes, que representou o paraninfo da turma, José Conrado, da Fiepa; e os representantes do Sebrae no Pará, Felinto Mendes e Miguel Pantoja , entre outros.

Para Neuza Yamada, todos os 73 alunos que participaram do programa Miniempresa tornaram-se jovens mais exigentes, competentes, com visão de futuro e com espírito empreendedor. “É de pessoas assim que o Brasil tanto precisa, disse Neuza.

Segundo a diretora executiva da Junior, Ocirema Figueiredo, a ideia do programa, é proporcionar aos jovens, experiências sobre o mundo dos negócios e ajudar a auxiliá-los na escolha de suas futuras profissões.

O programa Miniempresa, formado por 15 módulos, foi ministrado por voluntários de empresas mantenedoras, os chamados “advisers”, que orientaram os alunos durante o percurso do programa (em 2008), além de apoiadores e estagiários da Junior.

Durante o miniempresa os alunos têm noção de como funciona uma empresa: a comercialização, o mercado e a produção. Ainda no programa os alunos aprendem fundamentos de economia, mercado e atividade empresarial, através do método Aprender-Fazendo, onde ao final da qualificação os alunos tornam-se “miniempresários”.

Este ano, os alunos da escola Adventista criaram a miniempresa “Cheirinho Pai D’égua” de sabonetes artesanais, já os alunos da Escola Deodoro de Mendonça criaram a ‘Eco PETs” e produziram objetos ecologicamente corretos como pufs feitos com garrafas PETs. Os alunos do Justo Chermont da miniempresa “Teen Art” produziram pulseiras artesanais e os alunos do colégio Magalhães Barata com a “Stillus Biju”, criaram bijuterias. Todos tiveram a missão de vender os produtos nas escolas ou em seus bairros.

Foram escolhidos durante a cerimônia os melhores vendedores do Miniempresa: Jéssica Emanuelle Borges Moreira (colégio Adventista); Alexandre Augusto Borges Zeferino (Deodoro de Mendonça); Luzia Gonçalves Braga (Justo Chermont); Mayara Cristo Santos (Magalhães Barata); Diellen Caroline Cardias de Sena (Adventista); Brenda Lee Pureza de Oliveira (Justo Chermont); Higson Edmar Grejal Góes (Deodoro de Mendonça) e Jhonatha Corrêa da Silva (Magalhães Barata).

“Esta experiência vai me ajudar futuramente em minha carreira profissional. Hoje, sou outra pessoa, diz Jhonatha da Silva, 18, estudante do 2° ano do ensino médio da Escola Estadual Magalhães Barata que participou do Miniempresa e foi um dos representantes da turma durante a cerimônia de entrega de certificados.

A aluna Nara Viégas, 17, do colégio Adventista, da Cidade Nova, ressaltou, que todos os alunos que participaram do evento fazem parte de um seleto grupo de jovens, pois os mesmos aprenderam a importância dos valores da vida, além de obterem um contato maior com o mercado de trabalho, de forma lúdica e divertida.

Foram beneficiadas 6 turmas, totalizando 130 alunos, sendo 4 turmas na grande Belém e duas turmas no município de Abaetetuba. A formatura da turma de Abaetetuba aconteceu ontem, 22.

Histórico - Criada em 1919, nos Estados Unidos, A associação Junior Achievement é a maior e mais antiga organização de educação prática em economia e negócios do mundo. Atua, hoje, em todos os estados do Brasil.

No Pará, foi fundada em outubro de 2006, com apoio do Sebrae no Pará, no qual é sediada. Seu principal foco é integrar a classe empresarial e a comunidade escolar, sobretudo, jovens, estimulando ações de responsabilidade social voltadas para o empreendedorismo. Ananindeua, Abaetetuba, Barcarena, Mosqueiro e Paragominas já foram beneficiadas com 11 miniempresas

 
 
Notícias relacionadas
 
Sebrae lança programa de rádio sobre inovação
Desafio Sebrae é apresentado a professores universitários de Belém
Teia Mandalla é lançada em Abaetetuba
Mundo vive a semana do empreendedorismo
Loja Sebrae leva conhecimento ao empreendedor
Alunos de Belém recebem certificado da Junior Achievemet
Escola de empreendedorismo é inaugurada no Pará
Cursos On Line ajudam os pequenos negócios
Mais universidades são representadas no Desafio Sebrae
Orientação Coletiva tem grande procura em Belém
 
Os textos e fotografias veiculados pelo SEBRAE/PA podem ser reproduzidos gratuitamente mediante a citação da fonte e do crédito do fotógrafo.
 
Voltar
   
(c) 2004 - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Pará